O Tribunal de Contas da União (TCU) tem realizado levantamentos sobre os serviços de assistência hospitalar pública oferecidos em todos os estados do país e no Distrito Federal. Os estudos foram feitos a partir de amostras com hospitais de maior relevância para a rede pública em cada unidade da federação. As análises serão incluídas em relatório sistêmico da saúde no Brasil, que vai traçar um panorama do assunto. Em alguns estados, os estudos continuam em andamento.

No estado do Amapá, há carência de equipamentos básicos, remédios, leitos e profissionais capacitados. O relatório afirma que, segundo o Conselho Regional de Medicina do estado, para atender satisfatoriamente a demanda, seria necessário dobrar o quantitativo atual de 705 médicos inscritos na entidade. A falta de funcionamento das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) também pioram a situação, já que obrigam pacientes com problemas simples a procurarem a ala de emergência dos hospitais (Acórdão 2749/2013 TCU – Plenário).

Veja o relatório completo do TCU

fonte – TCU